À medida que nós humanos evoluímos, uma boa parte de nós não se da conta dos males que causamos ao nosso futuro. O meio ambiente está quase por entrar em um colapso, o uso de recursos, como a água em um ritmo muito maior do que se gera, se faz às custas de nossos filhos, e o nosso atual modelo produtivista, baseado na lógica do lucro e do curto prazo, está esgotando o capital natural da Terra.

Em nosso piores pesadelos, um dia ficaremos sem água, mas em partes, já vivemos esta ameaça.

No Sertão, as chuvas se apresentam entre dezembro e abril, no entanto, em determinados anos isso não acontece, ocasionando um longo período sem chuvas, originando assim, a seca.
Nós alteramos as estruturas dos ecossistemas em uma velocidade surpreendente, sem darmos tempo para que ele se “recomponha” e volte a nos dar o que vem sendo reservado para nós com uma qualidade e quantidade maior, a criação de grandes áreas de monocultura (que piora a biodiversidade) e como uso intenso de agrotóxicos ajuda na eliminação de recursos naturais.

No entanto, a crise ambiental e´acima de tudo um problema de conhecimento, o que nos leva a repensar o ser do mundo complexo e entender suas vias de complexificação. Esta via de compreensão da complexidade ambiental emerge por meio da desnaturalização da historia natural, que culminou na tecnificação e economização do mundo, com base nas quais e ser e o pensar se encontram relacionados pelo cálculo e pela planificação, pela determinação e pela legalidade; deste mundo dominado e assegurado que chega a seu limite com caos e a incerteza.

PROJETO MEIO AMBIENTE PARA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS

O surgimento de iniciativas que buscam cuidar da natureza é uma resposta a uma série de problemas existentes no mundo: desmatamento de florestas e matas atlânticas, poluição das cidades, do ar e de recursos hídricos como rios, lagos, lagoas e oceanos, além de atividades como a caça e a pesca predatória. Para reduzir os danos causados pelos crimes ao meio ambiente, algumas atitudes simples para que cada um possa fazer a sua parte e´adquirir hábitos sustentáveis, simples e eficiente.

A primeira dica é realizar a separação correta do lixo orgânico, latas de alumínio, papéis e metais para tornar possível o processo de reciclagem. É possível fazer em casa a transformação do papel usado em reciclado, ou mesmo utilizar materiais orgânicos, como restos de alimentos e bagaços, como adubo em jardins e hortas caseiras. Dessa forma, você economiza com fertilizantes e ainda diminui a

Outra dica de como preservar o meio ambiente é evitar o desperdício de água, desligando a torneira em atividades diárias como escovar os dentes, lavar pratos ou se barbear, bem como fechar a válvula do chuveiro enquanto se ensaboa. Ao limpar o carro ou a calçada em frente a sua casa, evite o uso da mangueira e procure utilizar um balde com água, esponja e sabão. Por fim, procure reaproveitar a água que sobra da lavagem de roupas para regar as plantas.

Em casa ou no trabalho, procure trocar as lâmpadas comuns pelas fluorescentes, que duram 10 vezes mais gastam dois terços menos de energia. Ainda, as lâmpadas fluorescentes podem ser recicladas após o uso. Além de ser uma ação sustentável, também contribui para reduzir a conta de energia no fim do mês.

Procure realizar caronas solidárias ou invista em meios de transportes menos poluentes. Andar de bicicleta ou a pé diminui o nível de emissão de gases nocivos à atmosfera e são ótimos exercícios físicos.

O mais importante de tudo é educar e fazer com que o cidadão comum entenda que tudo o que ele faz e fará; gerará um impacto no meio ambiente que o cerca. E que só com práticas e ações que visem a sustentabilidade dessas prática; estará garantindo uma vida melhor e mais satisfatória, para ela mesma, e para as gerações futuras.

A adoção de ações de sustentabilidade garantem a médio e longo prazo um planeta em boas condições para o desenvolvimento das diversas formas de vida, inclusive a humana. Garante os recursos naturais necessários para as próximas gerações, possibilitando a manutenção dos recursos naturais (florestas, matas, rios, lagos, oceanos) e garantindo uma boa qualidade de vida para as futuras gerações.

Todo professor de Educação Infantil e Ensino Fundamental sabe que é necessário preparar seus alunos não só academicamente, mas também para que sejam cidadãos responsáveis pelo ambiente em que vivem. Dessa forma, é bastante comum que as escolas desenvolvam um projeto pedagógico de meio ambiente no qual são estimulados valores que garantirão os recursos naturais para a manutenção da vida na Terra. Assim, trago neste artigo um projeto completo com dicas que podem ser desenvolvidos facilmente nas escolas.
PROJETO MEIO AMBIENTE PARA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS
JUSTIFICATIVA

Nos tempos atuais é imprescindível que a educação de forma interdisciplinar aborde o meio ambiente para que as crianças conheçam e valorizam as leis da natureza, e acima de tudo aprendam a cuidar dos nossos recursos naturais promovendo o desenvolvimento sustentável.

 

OBJETIVOS

Levar a criança a:

Valorizar o meio ambiente.

Identificar-se como parte integrante do meio ambiente.

Se Reconhecer como agente de promoção do desenvolvimento sustentável

Diferenciar os seres biótico e abióticos.

Conscientizar sobre a importância de Reciclar, Reaproveitar, Reutilizar, respeitando a vida e a ecologia.

 

DESENVOLVIMENTO

 

Atividade orais e escritas;

Brincadeiras e jogos (Quebra-Cabeça, Jogo da Memória, Dominó e Bingo)

Músicas e Danças;

Pinturas, Dobraduras e Recortes;

Confecção de livros coletivos e painéis;

Ler histórias ou filme sobre educação ambiental, reciclagem e ação do homem sobre a natureza.

 

RECURSOS

 

Papéis (sulfite, cartolina, jornal, crepom, laminado, dobradura).

Pesquisas impressas, revistas e panfletos;

Barbantes, Palitos (churrasco e picolé);

Sucatas (garrafas pet, tampinhas de plásticos, caixas de diversos tamanhos, rolinhos de papelão etc).

Tesoura com ponta arredonda, cola branca e colorida, lápis de cor, giz de cera, giz de

lousa, gliter, lantejoulas, fetilhos, régua, tinta guache, pincel, E.V.A.

Fita adesiva transparente, fita colorida, livros infantis, Tv, aparelho de DVD,filme.

 

METODOLOGIA

 

Os procedimentos serão divididos em 5 etapas:

 

1° ETAPA

 

Apresentação do tema aos alunos. Conversa dirigida a respeito do tema: interpretações, opiniões sobre o meio ambiente; a situação atual deste meio;

Apresentação de vídeo educativo infantil, que trate de questão do lixo, da preservação do meio ambiente trazendo a importância da reciclagem;

 

2° ETAPA

 

Aula passeio: Proporcionar a turma um passeio onde eles serão orientados a observar.

as formas de degradação que estão presentes naquele meio ambiente ou em suas proximidades;

Análise da realidade ambiental na comunidade;

Apresentar as diferentes partes do lixo produzido na cidade através de diferentes atividades pedagógicas;

Campanha contar a Dengue, um dos problemas com o acumulo de lixo,(com cartazes e informativos). E palestra de um agente de Saúde.

 

3° ETAPA

 

Reciclagem_ explicar sobre a reciclagem, sua importância e como é feita.

Montar latas de lixo de coleta seletiva na escola, apresentando que cada cor de lata recebe um tipo de lixo.

Apresentar os símbolos da reciclagem que são usados para cada tipo de material, no mundo inteiro.

 

 

4° ETAPA

 

Iniciar os trabalhos manuais, como cartazes, panfletos educativos, avisos que trazem informações importantes à população.

Confecção de painéis.

confeccionar brinquedos e utilitários com materiais recicláveis.

 

 

5° ETAPA

 

Preparação para exposição dos trabalhos.

Culminância.

Visita de um agente de saúde para palestrar sobre a dengue.

Exposição dos trabalhos que representam as diferentes etapas da execução do projeto.

 

AVALIAÇÃO

 

A avaliação deverá ser contínua, através de observação e registro da participação e envolvimento de cada aluno.

 

 

mara001Projeto meio ambiente  elaborado por: MARA SARMENTO