16901737_1324446074343441_1976406153_nFamiliares, amigos, alunos e servidores celebrarão segunda-feira (27), em Poço Dantas-PB, o aniversário da professora, Erivalda Paulina Deniz, filha de Rita Paulina dos Santos, de saudosa memória. A aniversariante é casada com o funcionário do setor de informática da Escola Estadual José Nilson Santiago, Fábio Avelino. A pedagoga Erivalda Paulina Deniz é mãe de da estudante de Psicologia da Faculdade Santa Maria (FSM) de Cajazeiras-PB, Cleópatra Deniz de Sousa,  das estudantes Amália Gurgel e Rita e avó de Estevão e Ana Luiza. A aniversariante é prima do vereador Francisco Paulino Diniz – Tutinha (PTB).

A educadora Erivalda Paulina Deniz é graduada em Pedagogia pela  Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Campus de Cajazeiras-PB, professora efetiva da Rede Municipal de Ensino de Poço Dantas-PB, integrante da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB, Presidenta do Sindicato dos Professores Públicos Municipais de Poço Dantas, ativista política e defensora ardorosa das políticas públicas e sociais. Como sindicalista ela também tem uma longa história de luta e dedicação às causas sociais. Desenvolve um belo trabalho na Escola Municipal de Ensino Infantil e Ensino Fundamental João Cesário na Comunidade de Lagoa dos Cesários.

Professora Erivalda Paulina Deniz é uma pessoa bastante querida e respeitada na sociedade poçodantense pelo seu dinamismo, liderança, carisma, determinação, inteligência e competência. A educadora Erivalda Paulina Deniz é uma expressiva liderança tanto na área educacional quanto sindical na região, com um legado grandioso. Sua capacidade de aglutinar e de liderar é surpreendente.

 

Professora Erivalda Paulina Deniz receberá os  parabéns de familiares, amigos, irmãos da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB),  alunos, colegas de trabalho e sindicalistas por ser uma líder fantástica e a felicitarão pelo trabalho que desenvolve na sociedade poço-dantense.

A educadora Erivalda Paulina Deniz destacou o seu papel de educadora. Reforçou que faz aquilo que ama e que sua missão de educar, mesmo sendo árdua, não é um fardo pesado porque trabalha com muito amor, dedicação e, sobretudo com compromisso com a educação e destacou que os educadores devem chamar para si a responsabilidade de contribuir na descoberta do conhecimento pelo educando, não é apenas repassar o conteúdo, “transferir conhecimento”, é perceber que a educação é uma ferramenta na autonomia do pensar, é formar pessoas críticas.