Produtores rurais do município de Vieirópolis poderão deixar de armazenar cerca de 400 toneladas de forragens.

Agricultores do município de Vieirópolis e pequenos criadores de rebanhos bovinos, caprinos e ovinos se sentem preocupados em não poder armazenar a forragem de milho e sorgo, pois os pequenos proprietários que receberam as sementes e fizeram seus plantios na certeza de garantir a forragem conservada para que na época de escassez de pastos pudessem assim suprir o cocho com forragens armazenadas em forma de silagem, hoje já não sabe mais como fazer para armazenar suas rações.

Os agricultores reclamam por que o governo municipal e a secretaria de agricultura não estão apoiando e dando suporte para que os agricultores possam fazer o armazenamento, haja vista, que o município dispõe de uma máquina ensiladeira acoplada ao trator que com certeza daria pra atender a todo o município.

O município poderá deixar de armazenar cerca de 400 toneladas de forragens. Alimento energético para suplementação alimentar de bovinos, caprinos e ovinos. A preocupação dos produtores é que para uma boa silagem a planta deve ser colhida entre 32% a 35% de matéria seca, momento que pode ser visualizado no campo quando o grão estiver em massa firme, logo após o ponto de milho verde. Se o teor de matéria seca (MS) estiver abaixo de 30%, a silagem terá baixa qualidade nutricional, pois ocorrem perdas por escorrimento de nutrientes junto com o excesso de água (choro da silagem); por outro lado, se a MS estiver acima de 35%, dificulta a compactação e ocorrem perdas respiratórias devido ao maior tempo para fermentar.

Imagem de 2016 ano que o município armazenou 140 toneladas de forragem

Imagem de 2016 ano que o município armazenou 140 toneladas de forragem

O milho e o sorgo têm sido os alimentos mais utilizados para produção de silagem devido à facilidade de cultivo e alta qualidade da silagem, que dispensa o uso de aditivos para fermentação.

A cultura do milho tem maior prevalência na bovinocultura leiteira, pois conta com sistema de produção já definido, produção adequada de matéria seca, alto valor energético e consumo voluntário elevado. Entretanto, o sorgo para silagem pode apresentar alto teor de matéria seca quando comparado ao milho,

principalmente nas regiões de baixa fertilidade do solo e em locais com ocorrências de estresse hídrico.

O inverno é a época de produzir alimento a menor custo, quando muitas áreas estão ociosas, mas com boa fertilidade e disponibilidade de água. Assim, é também o melhor momento para armazenar alimento conservado.