Faleceu sexta-feira (19) de novembro no Hospital Regional Deputado Manoel Gonçalves de Abrantes em Sousa, o comerciante Geraldo Gomes Machado vítima de infecção generalizada.

Geraldo Gomes Machado era filho do saudoso produtor rural da Comunidade do Pinhão-Vieiropólis, Miro Machado e Dona Mundica Emidio “in memoriam”.

Deixa três filhos: O empresário Daniel Machado, a professora  Heline Oliveira Gomes e  a engenheira de alimentos, Quézia Oliveira Gomes. Deixa quatronetos.

 

Era sogro do Major da Polícia Militar do Estado da Paraíba, Eugênio Fernandes Vieira; do funcionário da YPFB Corp. empresa petrolífera da República da Bolívia, Carlos Sandoval Siles e de Narinha Nunes.

Geraldo Gomes Machado,  era irmão do ex-vereador e ex-vice-prefeito de Sousa, advogado Chiquinho do PT, do ex-vice-prefeito de Vieiropólis, empresário e agropecuarista Zé de Miro; primo  da enfermeira da Prefeitura Municipal de João Pessoa, Irismar Batista Braga, do empresário e poeta, Esdras Batista Gomes, do agropecuarista, Valdeci Emídio Gomes e do empreendedor Manassés Batista Gomes.

Era primo da prefeita constitucional de Uiraúna, Leninha Romão (PP), dos vereadores de Vieiropólis, Tico de Neco e Eliberto Abrantes (PSDB).

O corpo está sendo velado na Central de Velório São Francisco, em frente ao Hospital Regional de Sousa. O sepultamento acontecerá às 16h no Cemitério São João Batista em Sousa.

Abdias Duque de Abrantes
Jornalista MTB-PB 604