Faleceu hoje no Hospital Santa Terezinha em Sousa-PB, o Sr. Dorge Gomes Machado. Deixa viúva a Sra. Mariquinha Batista e sete filhos: o empresário Manassés Batista, a assistente de educação e treinamento da Organização Não-Governamental de âmbito nacional, Bem-Estar Familiar no Brasil (Bemfam), enfermeira Irismar Batista Braga, o empresário Esdras Batista, comerciante Maristella Batista, servidora pública Janete Gomes Batista, funcionária da empresa Pau Brasil Motos, Eva Wilma Batista e a comerciante Bella Batista. O seu corpo está sendo velado na Central de Velórios do Cemitério Jardim da Paz situado na Avenida São João, bairro Jardim Brasília, Sousa-PB e o sepultamento será às 16h.

Por muitos anos Dorge Machado exerceu a profissão de comerciante no bairro da estação em Sousa. Ele nasceu na comunidade do Pinhão – Vieirópolis. Era filho de Tibúrcio Machado e D. Anginha “in memoriam”. A casa na qual nasceu não existe mais. O seu sobrinho e atual vice-prefeito de Vieirópolis, empresário José Emídio Moreira Neto (Zé de Miro) fez a doação do terreno e hoje funciona a sede da Comunidade Católica Jesus Pérola Preciosa e a igreja de Santa Clara. A ONG realiza um trabalho com dependentes químicos.

O Sr. Dorge Gomes Machado era tio do ex-vereador, ex-vice-prefeito de Sousa, procurador do município de Santa Cruz, advogado Francisco Valdemiro Gomes (Chiquinho do PT); do vice-prefeito de Vieirópolis, empresário José Emídio Moreira Neto (Zé de Miro); do empresário e agropecuarista Valdeci Emídio Gomes; do empresário Geraldo Machado; do representante comercial Tibúrcio Gomes Machado Neto; da vice-presidente da Subceção da OAB de Sousa, advogada Luci Gomes de Sena; do psiquiatra e professor de Saúde Mental da Faculdade de Medicina Nova Esperança (FAMENE) em João Pessoa, Zeno Gomes Sena; do pediatra Evaldo Gomes Sena; da enfermeira Marise Gomes de Abrantes; da secretária municipal de Turismo de Vieirópolis, Mayanne Gomes de Abrantes e avô do engenheiro civil e economiário Vinícius Braga; da professora doutora do Departamento de Letras da UFPB, Amanda Batista Braga, dentre outros.

Dorge Gomes Machado deixa um legado de generosidade, honradez, serenidade, alegria, fé, força, perseverança e determinação no enfrentamento da condução dos problemas do cotidiano. Dorge Machado foi um homem de traços fortes, um guerreiro. Um homem de respeito, que agia com ética e era dedicado ao trabalho e a sua família. Foi um homem de caráter exemplar. Era uma das figuras mais singulares da geografia humana de Sousa e Vieirópolis. Dorge Machado era famoso pelas tiradas de humor. Homem inteligente, espirituoso, sarcástico, obstinado, autodidata e se destacava pelo seu humor cáustico. No campo político sempre foi um fiel correligionário do saudoso ex- prefeito de Sousa, ex- deputado federal, ex-senador e ex-governador da Paraíba, Antonio Marques da Silva Mariz. Era um “marizista” de carteirinha. O termo “marizismo” foi cunhado para traduzir o apego incondicional que certas pessoas tinham ao saudoso líder político Antonio Mariz.

Abdias Duque de Abrantes

Jornalista MTB – PB Nº 604