EDUCAÇÃO INFANTIL

ENSINAR E APRENDER
Explorando possibilidades oferecidas pelo contexto escolar
A Educação Infantil vem_se constituindo enquanto espaço de inúmeras discussões; a cada dia cresce o número de trabalhos que se propõem a refletir sobre essa frase. Infelizmente, ainda encontramos muitas lacunas no modo como o ensino_aprendizagem vem sendo desenvolvido na prática. Nesse sentido é que nos propomos a apresentar algumas sugestões de como podemos explorar essa fase fundamental das crianças.
aaaaaaaaaaaaNão temos a pretensão de fornecer receitas, mas sim de listar algumas alternativas que possibilitam ao professor dar alguns passos em direção a um ensino de qualidade, já que desde a Educação Infantil podemos promover a formação de cidadãos menos individualistas e mais críticos e participativos na sociedade.
Para conseguirmos esses objetivos, concordamos com Kramer, quando ela diz que os professores devem estar em permanente formação, pois assim terão a oportunidade de construir e reconstruir suas práticas pedagógicas. Segundo a autora, é preciso que os profissionais da Educação Infantil tenham acesso ao conhecimento produzido na área da Educação Infantil e da cultura em geral, para repensarem suas práticas, se reconstruírem enquanto cidadãos e atuarem enquanto sujeitos da produção de conhecimento. E para que possam mais que implantar currículos ou aplicar propostas à realidade da creche/pré_escola em que atuam, efetivamente participar da sua concepção, construção e consolidação.

ALGUMAS IDEIAS

aaaaaaaaaaaaA Educação Infantil enquanto fase inicial da educação formal pode oportunizar à criança o desenvolvimento do gosto pela leitura, pela escrita e pela matemática entre muitas áreas do conhecimento. Isso vai depender da forma como essa criança é estimulada e incentivada a aprender.
Nesse sentido, essa fase em que as crianças começam a freqüentar a escola deve ser marcada por muita alegria. Vejamos, a seguir, algumas sugestões de atividades que o professor poderá realizar.

*Criar com a turma um cartaz de combinados a partir de discussões sobre o que podemos ou não podemos fazer na escola. (O
professor pode aproveitar a oportunidade e refletir com as crianças algumas questões de boas maneiras).

*Identificar_se e identificar os alunos, como forma de mostrar o valor de cada aluno.(O crachá e´um importante recurso e deve conter o primeiro nome da criança).

*Desenhar, na área livre da escola, várias casinhas no chão, cada uma com uma letra.(O professor mostra e diz uma letra).

*Entregar a cada criança uma folha com a primeira letra do seu nome, para fazer um trabalho artístico.(As crianças podem utilizar palitos de fósforos, raspas de pontas de lápis de cor, giz de cera, entre outros.

*Incentivar as crianças a realizarem diferentes tarefas.(As crianças gostam de ser úteis, portanto, o professor pode sortear diariamente, no início das atividades, uma dupla de alunos para serem os ajudantes da sala).

*Explorar a matemática contando com a turma, diariamente, o número de pessoas presente na sala e questionar.(Conhecer os números).

*Confeccionar e explorar o calendário.(A sala de Educação Infantil também não pode deixar de ter um calendário).

*Confeccionar um painel no qual são afixados os nomes das crianças que fazem aniversários naquele mês.(O professor pode questionar qual é o nome com mais letras, ou menos letras).

*Com o intuito d trabalhar também a questão da observação, é importante dialogar com os alunos sobre a questão do tempo.(O professor pode levar as crianças para olhar o aspecto do tempo, nublado, chuvoso, ensolarado).

*Explorar o desenho para que os alunos registrem suas experiências.(Em seguida, cada aluno pode contar para turma o que desenhou).

*Registrar no quadro as histórias contadas por alunos e deixar que eles ilustrem.

*Criar um ambiente alfabetizador.(Os alunos devem ter a oportunidade de explorar materias escritos de diversos tipos, com revistas, livros, jornais, rótulos, propagandas).

*cantinho da leituraCriar o Cantinho da Leitura.(Ele e alternativo para que a criança possa escolher o livro que lhe interessa).

*Oportunizar situações para o desenvolvimento da imaginação, da criatividade e da linguagem oral das crianças.

*Promover situações para o desenvolvimento de noções topológicas por meio de experiências concretas, o que levará as crianças a perceberem sua posição em relação a tudo que os cerca.

*Trabalhar conceitos como dentro e fora.

*Trabalhar a habilidade de comparar menor ou maior.

*Explorar noções de conjuntos.

CONSIDERAÇÕES

Como podemos perceber, essas alternativas para Educação Infantil são simples, mas quando utilizadas podem conduzir a resultados fantásticos. Por meio do lúdico, as crianças com certeza serão mais alegres, felizes e motivadas.
O aluno estará inserido em um espaço propício à aprendizagem e aprenderá de modo interessante o que antes era trabalhado de forma chata e cansativa.

mara

 

Texto Mara Sarmento