DIA 15 DE OUTUBRO DIA DO PROFESSOR

Diante de uma realidade impregnada de desvalorização e descrença, onde de propaga a violência  como porta de entrada nas estatísticas deixando lacunas fortemente marcantes para que os professores sintam amedrontados. Este cenário desanimador está possibilitando um cenário cada vez mais assustador, onde os jovens estão menos se interessando pela licenciatura e cresce assustadoramente o estresse e o número de profissionais que vem abandonando suas carreiras docentes. A realidade era para ser o inverso se acontecesse políticas efetivas de valorização do magistério, se as escolas públicas fossem equipadas com materiais necessários e fundamentais ao ensino de qualidade, porque somente uma sala de aula, esponja e giz, não faz nenhuma diferença na qualidade do ensino brasileiro que urgentemente tem que passar por um processo de reforma  nas escolas publicas; onde  possam ser espaços de valorização do jovem, atraindo-os para aprender e não tornarem mais rebeldes diante desta realidade assustadora que se encontra os espaços escolares. Não se pode culpar ninguém, todos que estão envolvidos  com a escola pública precisa direcionar a sua estrutura, parar, refletir com todo o corpo de funcionário e analisarem  o que está faltando para que a aprendizagem aconteça e acabe de uma vez de Secretários de Educação colocar culpa em diretores e estes por sua vez em professores e os professores nos pais estes nos filhos que assim diz que não gostam de estudar. Estão todos envolvidos, mas todos errados. E o que precisa urgente é encerrar este círculo vicioso  e todos juntos encontrar estratégias modernas, formando parcerias, onde a escola seja um meio, um caminho para proporcionar transformação social e educacional, lugar de prazer, onde os jovens sintam acolhidos com amor, respeito e acima de tudo com professores contentes com a escola que trabalham e com o material que possam realizar seu trabalho de qualidade. Neste processo professor poderá ter uma chance de atrair o aluno(a) e assim, todos possam ser valorizados. É preciso acreditar na docência, vale a pena apostar na transformação da escola e dos alunos. Professores devem seguir semeando sonhos, impulsionando  os jovens e encorajando-os a buscarem seus espaços no mundo; porque somente a educação pode e tem o poder de transformar vidas. Vale a pena o professor repensar sua prática e sair da zona de conforto e não se conformar com o que não funciona e o grande desafio é inovar, encantar, entusiasmar e incentivar o aluno a refletir, usar a criatividade  e habilidade para se posicionar criticamente no mundo e perceber que o grande agente de transformação deste mundo que ai está é ele mesmo, com educação de qualidade e perceber em cada professor um sinal que tem o poder de encaminhar para o futuro e para a transformação social. Os jovens precisam crer que o professor é um maestro da vida deles, onde possam sentir embalados por este instrumento de grande valor humano, moral e social. Conhecer esta realidade de perto é sentir a força de vontade que cada professor tem em transformar aquela sala de aula em um local de trazer e aprendizagem. A desmotivação não pode derrubar a esperança e quando existir professores autênticos, existirá possibilidades de mudança no sistema educacional. Assim finalizo com o depoimento de um professor! “ TENHO A PRAZEROZA CERTEZA DE QUE CONSIGO TOCAR POSITIVAMENTE A VIDA DE MUITAS PESSOAS, PORQUE ACIMA DE TUDO RESPEITO MEU ALUNO COMO SER HUMANO. QUANDO CONSIGO TOCAR UM CORAÇÃO, QUANDO VEJO O OLHAR DO MEU ALUNO, A FORÇA E A VONTADE DE APRENDER, UMA PEQUENA PARTE DO SISTEMA, AINDA TÃO CHEIO DE FALHAS, SE ABRE PARA MIM ESPERANÇA. VALE A PENA SER PROFESSOR PORQUE CADA DIA MAIS ME CERTIFICO DE QUE TENHO A OPORTUNIDADE DE REASSUMIR MEU COMPROMISSO, CONTRIBUINDO PARA UM FUTURO MELHOR PARA A INFÂNCIA E A JUVENTUDE DO BRASIL”. Assim deixo meu apreço e estima para todos os professores que dão sua vida pelo ensino, pela aprendizagem de cada aluno e acima de tudo almejam a transformação social  na vida das pessoas, especialmente aquela que não tem tanta oportunidade, e mesmo assim enfrentam os desafios da educação pública porque pensam e acreditam que estudar depende também da vontade de cada um em se doar e perseverar neste mundo competitivo e dominador. Feliz quem sonha e faz da educação um objetivo de mudança de vida. Felicidades e muita garra para todos os professores que estão nas tarefas diárias perseverando e acreditando que a criança e o jovem irão vencer através de uma educação de qualidade.

Raimunda Verluci de Oliveira Sarmento

Assistente Social.

Sousa, 13/10/2015