De acordo com informações do Capitão Cavalcante, comandante da Polícia Militar da cidade de Conceição, o acusado, Eraldo Antonio de Oliveira,34 anos, residente na cidade de Sousa-PB, havia tentado efetuar um assalto, em um sítio próximo à comunidade Cabaças dos Xaxier, na zona rural da cidade de Conceição. A polícia foi acionada e ficou de “campana” na estrada que dá acesso ao sítio. “No momento em que percebeu a presença da polícia, o acusado soltou a moto e puxou um objeto e o apontou para a guarnição, que reagiu e atirou, como reação à atitude do acusado”, disse o capitão..
Eraldo foi atingido com um tiro no abdomem, foi socrrido para o hospital Caçula Leite, mas não resistiu e morreu.
Ainda de acordo com informações da Capitão Cavalcante, o falso policial conduzia uma moto de marca Yamaha e usava uma jaqueta preta, mesmos objetos de outras ações do meliante.
O falso policial vinha fazendo vítimas em vários sítios da região do vale do Piancó. Foram várias ações, sempre usando os mesmos modos operantes. Ele chegava nas residências em propriedades rurais de várias cidades da região, apresentava-se como policial e dizia que estava fazendo busca e apreensões de armas. Em seguida, ele fugia, levando objetos pessoais das vítimas.
A primeira notícia era de que ele teria sido preso, o que seria um alívio para muitas famílias, sobretudo, as que residem na zona rural. Mais tarde, a confirmação da morte do acusado..
Ainda no local da ocorrência, foi encontrado um revolver, que seria, possivelmente, do acusado, conforme informou o capitão Cavalcante
 na “pedra” do hospítal Caçula Leite